Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...



subscrever feeds



Antonino Pio

27.10.07
ANTONINUS PIUS
(Titvs Avrelivs Fulvius Boionivs Antoninvs)
Imperador - 138 a 161 d.C.

Antonino Pio



  Imperador romano de 138 a 161, de nome completo Titus Aurelius Fulvus Boionius Antoninus, nascido em Lanúvio em 86 e falecido em 161, provinha do seio da burguesia tradicional do Lácio.

  Pio mereceu este título pelo seu respeito para com todos, homens e deuses. Foi também chamado de «Imperador perfeito» pela sua doçura, serenidade e no desprezo pela vã glória. Amigo do seu amigo, aceitava de bom grado um bom conselho.

  Após a sua nomeação como cônsul, é enviado pelo imperador Adriano para a zona asiática com a sua autoridade reforçada com o título de procônsul. Aqui granjeou o respeito e a estima de muitos dos seus compatriotas. Das obras que empreendeu durante a sua vigência, destaca-se a muralha defensiva que edificou na Escócia em 143, entre o firth de Forth e o de Clyde e que permitiu a defesa do território aquando dos avanços das tribos nórdicas.

Adriano adopta-o como seu protegido em 138, subindo ao trono imperial no mesmo ano. Marca, conjuntamente com os seus antecessores Trajano e Adriano e com o seu sucessor Marco Aurélio, a chamada Idade de Ouro do Império Romano, dando inclusive o seu nome como qualificativo dinástico ao grupo de sete imperadores romanos que governam entre 96 e 192.


Retrato de Faustina, a Jovem, filha de Antonino Pio e esposa de Marco Aurélio


Muralha de Antonino



  Com o intuito de proteger a Bretanha romanizada das tribos bárbaras da Escócia, Antonino ordena a construção de uma muralha cerca de 50 km a norte da de Adriano. Com 59 km de extensão e feita entre Bo'ness (a Leste) e Old Kilpatrick (a Oeste) a Muralha de Antonino assinala o momento em que os Romanos ocuparam a máxima extensão da Bretanha.

  Demorou 2 anos a ser construída (140d.C.-142d.C.) e conseguiu reter os povos bárbaros durante 39 anos. Em 181 os povos do Norte empurraram novamente os Romanos para a Muralha de Adriano. No final do século II, a ideia de reconquistar o território entre as 2 muralhas já havia sido abandonado.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...



subscrever feeds