Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...



subscrever feeds



Pertinax

04.03.09
Pertinax
(Pvblivs Helvivs Pertinax)
Imperador – 193 d.C..

Pertinax



  Publius Helvius Pertinax era filho de um liberto da Ligúria, e foi professor antes de iniciar uma tardia carreira nos serviços imperiais. Quando prefeito de uma coorte na Síria, parece que usou o transporte do governo sem autorização oficial, tendo sido forçado pelo governador a voltar a pé de Antióquia (sul da Turquia) até onde sua tropa estava estacionada.

  Depois de ocupar vários postos militares e administrativos, na década de 160 d.C., foi promovido ao Senado (corpo consultivo formado por ex-magistrados); foi comandante de uma legião, e depois governador da Mésia Superior. Foi cônsul em 174 (ou 175), esteve com Marcus Aurelius no Oriente depois da revolta de Avidius Cassius, e foi nomeado governador da Mésia Inferior, da Dácia (nas margens do Danúbio) e da Síria (para onde foi nomeado antes de 180).

  Por volta de 182, abandonou a vida pública por suas ligações com pretensos conspiradores contra Commodus, mas depois foi nomeado governador da Bretanha (185-187 d.C.).

  No verão de 188 d.C., tornou-se governador da África e voltou para Roma um ano depois, quando foi nomeado prefeito urbano (delegado do imperador). Pode ter-se envolvido com a conspiração contra Commodus, pois imediatamente após o assassinato (31 de dezembro de 192), Pertinax dirigiu-se secretamente ao campo da guarda pretoriana (estacionada em Roma), prometeu uma doação aos soldados e foi proclamado imperador. A proclamação foi aprovada entusiasticamente pelo Senado, e ele promoveu uma série de medidas populares como reacção aos excessos de Commodus. Mas, em 28 de Março de 193, um destacamento da guarda pretoriana iniciou uma nova conspiração, assassinou-o e a cabeça foi empalada num poste.

 Sucedeu-lhe Didius Julianus.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...



subscrever feeds