Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...





Septimus Severus

08.10.09
DINASTIA DOS SEVERUS (ou SIRIUS)

(193 a 235 d.C.)


SEPTIMIUS SEVERUS
(Lvcivs Septimivs Severvs)
Imperador - 193 a 211 d.C.

Sétimo Severo


Imperador romano nascido em Leptis (África) em 146, não tendo portanto, verdadeiro amor às tradições romanas, governou entre 193 e 211 d.C., data da sua morte.

Com a morte de Cómodo, Pértinax era apontado como o novo Trajano, mas os exércitos provinciais, mormente o do Danúbio, impõem o seu chefe Sétimo Severo.

Alguns anos demorou Severo a vencer definitivamente os seus adversários directos, tendo tido de lutar contra os exércitos dos seus principais inimigos, Pessénio Níger e Clódio Albino, mas após a vitória não existia qualquer impedimento à sua vigência.

A sua personalidade era vingativa e até cruel, rodeado de um complexo círculo pessoal e familiar, onde pontifica a sua mulher, Júlia Domna, de origem síria.

Governou aconselhado pelo jurisconsulto Papiniano. Baseou o seu poder no exército que distinguiu com elevados favores.

Diz-se que no leito da morte proferiu as seguintes palavras a seus filhos: «Enriquecei o exército e deixai o resto».

Desarmou a Guarda Pretoriana e expulsou os seus membros de Roma. No entanto viu-se obrigado a reconstituir o corpo com homens recrutados nas províncias.

Perseguição e morte de um número vasto de grandes proprietários imperiais, de forma a apoderar-se das suas terras aráveis, num acto que enfraqueceu de forma evidente a consistência do Império.

A administração pública foi organizada em bases militares. Os africanos foram favorecidos em relação aos italianos e os senadores romanos, privados das províncias, vêem drasticamente reduzida a sua influência política e social. Centralizou o poder em si e no seu conselho, acumulando em determinado momento o título de Dominus, senhor supremo, cargo recusado por Augusto.

O avanço das tribos do Norte na Britânia levam-no a partir para essa província em 208, juntamente com Caracala, onde permanece até à sua morte em 211.

Foi o quinto perseguidor dos cristãos.

Sucedeu-lhe Caracala.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Jorge P.G a 03.11.2009 às 13:19

Eh pá, este gajo tinha mesmo cara de severo, c'um catano!

mais uma peça de oiro para aHist+oria de Roma do romano m,ais romano de Portugal, Marius-O Grande

Um ABRAÇO DUPLO.

Comentar post





Comentários recentes

  • fpeneiras

    A zona de lazer da ponte romana de Monforte foi to...

  • Unknown

    Faça uma pesquisa sobre o periodo histórico do fil...

  • Mylena Souza

    Não sei se já viram esta historia bem feita . No N...

  • João Corbellini

    Está dito acima . O muro foi construído para prote...

  • Fabio Dias

    Como nao entendo muito, sempre tive duvidas de ond...